UM ALERTA AOS ACOMODADOS

    Quando da conquista da terra prometida pelos judeus liderados por Moisés, a parte oriental da terra, chamada terra de Gileade, foi a primeira porção a ser ocupada. De acordo com Números 32, este era um território apropriado para a criação de gado, o que motivou as tribos de Rúben e Gade e a meia tribo de Manassés a requerer o direito de se instalar ali. O verso 6 contém a reação de Moisés ao pedido das tribos: "Irão vossos irmãos à peleja e ficareis vós sentados aqui?".

    Nosso Deus tem sido misericordioso para conosco. Faltaria espaço aqui para relacionar todas as bênçãos que Ele tem possibilitado a nós. Isso, porém, pode nos levar a cair na mesma tentação daqueles judeus, a de nos acomodarmos. Infelizmente, creio que tudo o que muitas Igrejas querem é, simplesmente, um lugar onde possam acomodar seus rebanhos. Acomodam-se a seus templos, ao seu cotidiano, como se não tivessem obrigação de participar da conquista do restante do país.

    No caso dos homens de Rúben, Gade e Manassés, a exortação de Moisés no sentido de que o acomodamento deles resultaria no desânimo das demais tribos e no castigo de Deus, a reação foi imediata. O verso 18 nos mostra o voto feito: "Não voltaremos para nossas casas até que os filhos de Israel estejam de posse, cada um, da sua herança.".

    Cabe a nós, Batistas Brasileiros, rompermos com toda acomodação. Temos milhões de brasileiros completamente ignorantes da Verdade, território dominado por Satanás. A ordem do nosso Senhor e Mestre para nós é que levemos a mensagem do Evangelho do Reino por todo o Brasil. Inspirados pela Palavra de Deus, irmãos, comprometamo-nos com o nosso Senhor a não descansarmos até que todo brasileiro saiba que Jesus Cristo é a única esperança!

Paulo Rogério Petrizi