TÍTULO:     
COMO SER UM VENCEDOR AOS 30 ANOS DE IDADE

TEXTO: Gênesis  39 a 41
ICT: Os capítulos apresentas os fatos que envolveram a vida de José desde que foi escravo na casa de Potifar até tornar-se governador de todo o Egito.
O.G.:   Consagratório
O.E.:   Que os jovens ouvintes se consagrem a servir ao Senhor em santidade e fidelidade, bem como que renovem sua confiança na soberania do nosso Deus.
TESE: Para ser um jovem bem sucedido na vida é preciso manter-se fiel a Deus, contar sempre com sua presença abençoadora e aproveitar as oportunidades para trabalhar e testemunhar da sua fé.
F.S.:    Biográfico

INTRODUÇÃO:
José foi o 11o. filho de Jacó; o primeiro com Raquel. Nasceu por volta do ano 1.700 AC e, conforme a Bíblia, era o filho preferido de Jacó. Penso que a vida de José tem muito a ensinar aos jovens crentes de hoje. Vamos refletir agora sobre "Como Ser Um Vencedor aos 30 Anos de Idade!". Você conhecerá o segredo do jovem José, que aos 17 anos foi vendido pelos irmãos como escravo, e aos 30 anos já era o segundo homem mais poderoso do maior país do mundo.

Não pense você que a vida de José foi fácil. Apesar dele ser o filho predileto do patriarca Jacó, teve que conviver com vários fatores desfavoráveis:

Instabilidade familiar: seu pai teve 4 esposas simultâneas: Raquel, Léia, Bila e Zilpa. Em Gn 37:2 a Bíblia nos relata que José costumava delatar seus irmãos ao pai. Isto acirrava ainda mais as rivalidades (v. 11).

Observando o livro de Gênesis nós podemos encontrar diversos fatos que nos ajudam a tecer o contexto familiar de José. No cap. 34 temos a infeliz história da irmã de José, Diná, filha de Léia, que foi desflorada por Siquém, o heveu, e da chacina que seus irmãos Simeão e Levi promoveram.

No capítulo 35 temos outro fato lamentável. O irmão mais velho de José, Ruben, deitou-se com Bila, a concumbina do Pai. No capítulo 38 temos outro fato constrangedor: o envolvimento de Judá, outro irmão de José, com sua nova, Tamar - se se fez passar por prostituta e acabou por gerar um filho do sogro!

José, infelizmente, vivia num lar desestruturado. Exatamente como muitos dos jovens de nossas Igrejas. O ápice da crise de José com seus irmãos se deu no capítulo 37:20 e 21, quando inicialmente resolveram matá-lo. Foi Ruben quem os impediu. Nos versos 26 e 27 encontramos a idéia de Judá, de vendê-lo a uma caravana de Ismaelitas, por 20 siclos de prata.

E onde foi parar o jovem de dezessete anos? Foi ser escravo justamente no lar de uma mulher imoral, que logo passou a tentar senduzí-lo (39:7-9).

Eram muitas as adversidades na vida do jovem José. Aos 17 anos todos os indicadores favoreciam o prognóstico de derrota para a vida de José. Como, então, ele chegou aos 30 anos como um vencedor?

1º) MANTENDO-SE SEMPRE FIEL A DEUS
(39:9 ..."como, pois, posso cometer este tão grande mal, e pecar contra Deus?")
Gênesis 39 nos relata que apesar de a mulher de Potifar "instar com José dia após dia" (v. 10), ele resistiu, afinal, dizia ele: "não posso pecar contra Deus". E qual foi o preço imediato da opção de José por manter-se fiel a Deus? Basta observar o v. 20: "então o Senhor de José o tomou, e o lançou no cárcere, no lugar em que os presos do rei estavam encarcerados; e ele ficou ali no cárcere".

Sinceramente, jovem, você suportaria tanta injustiça? José resistiu, foi fiel a seu patrão e a seu Deus, e onde foi parar? Vítima da armação da mulher de seu Senhor, ele foi para a prisão. Mas o jovem José se manteve fiel ao Deus Eterno. E este é o primeiro passo para uma vida vitoriosa em Deus.

O próprio Senhor Jesus declarou: "buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas as demais coisas vos serão acrescentadas" (Mt 6:33). José é um exemplo de como isso funciona na prática. Você precisa colocar este princípio em prática e resistir, não se contaminar com a imoralidade.

O primeiro passo para ser um jovem vencedor é ser sempre fiel a Deus, custe quanto custar.

2º) CONTAR SEMPRE COM A PRESENÇA ABENÇOADORA DE DEUS
Sendo fiel a Deus a Bíblia nos relata que José contava sempre com a presença abençoadora de Deus. Este é o segundo princípio para uma vida vitoriosa, jovem, "contar sempre com a presença abençoadora de Deus".

Observe o capítulo 39 de Gênesis:

v. 2 "O Senhor estava com José, e ele tornou-se próspero, e estava na casa de seu senhor egípcio"

v. 3 "Vendo o seu senhor que Deus era com ele, e que tudo o que ele fazia o Senhor prosperava em suas mãos..."

v. 21 "O Senhor era com ele; estendeu sobre ele a sua benignidade, e lhe concedeu graça aos olhos do carcereiro..."

v. 23 "O carcereiro não tinha cuidado de coisa alguma que estava nas mãos de José, porque o Senhor era com ele, fazendo prosperar tudo o que ele empreendia"

Perceba que a Bíblia é muito clara ao mostrar que o jovem José, fiel a Deus, contava, em tudo que fazia, com a presença abençoadora do Senhor. Isto é possível a todo crente, deste que se consagre a Deus.

Observe o que o Deus Eterno promete ao seu povo em Dt 20:1: "Quando saíres à batalha contra teus inimigos, e vires cavalos, carros, e exército mais poderoso do que o teu, não os temerás, porque o Senhor teu Deus, que te tirou da terra do Egito, está contigo."

Esta mesma proteção é confirmada em Is 43:2: "Quando passares pelas águas, estarei contigo, e quando passares pelos rios, eles não te submergirão. Quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti."

Eu poderia citar ainda muitos outros textos com promessas de Deus aos seus servos fiéis. Acrescento apenas mais uma, dita por Jesus em Jo 14:23 " Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada".

Eis aqui o segundo princípio para uma vida vitoriosa: contar com a presença abençoadora de Deus. É preciso ser fiel a Deus e contar com sua presença abençoadora. Há, ainda um terceiro princípio que você precisa aprender com José.

3º)  AO INVÉS DE MURMURAR, APROVEITE CADA OPORTUNIDADE PARA TRABALHAR E TESTEMUNHAR
Em nenhum versículo de Gênesis encontramos qualquer indício de que José tenha se revoltado contra Deus, nem mesmo de que tenha dirigido qualquer palavra de inconformismo. Com sua biografia aprendemos que a murmuração não conduz à vitória. Pelo contrário, quando o povo de Deus se deu à murmuração, os castigos e a derrota caíram sobre ele.

Enquanto morou com sua instável família, José era o melhor dos filhos, aquele em quem o pai Jacó depositava sua confiança. Quando foi levado à casa de Potifar para servir como escravo, a Bíblia relata que José se destacou como o melhor e mais digno de confiança. No cárcere, idem. O carcereiro não demorou a perceber as qualidades do jovem José e logo confiou a ele uma série de atribuições. Mesmo durante os anos na prisão José trabalhou exemplarmente e testemunhou do seu Deus. Na casa do Faraó, como governador do Egito, José continuou trabalhando e sendo eficiente.

Você quer ter uma vida vitoriosa, então cinja o lombo e trabalhe!

Tome para você as recomendações que o Senhor deu a Josué, no primeiro capítulo de seu livro: seja fiel, não se desvie da Lei, se esforce e tenha sempre bom ânimo.

CONCLUSÃO
Em Gn 41:46 a Bíblia nos relata: "Era José da idade de 30 anos, quando esteve diante de Faraó, rei do Egito. E saiu José da presença de Faraó e viajou por toda a terra do Egito." Em 13 anos a vida de José sofreu uma tremenda reviravolta. Tudo parecia concorrer para sua infelicidade, mas ele colocou em prática princípios infalíveis e imutáveis.

Estes mesmos princípios funcionarão em sua vida. Assuma agora o propósito de ser fiel a Deus, de buscá-lo e serví-lo a qualquer custo. Deixe o Espírito de Deus enxer sua vida - Ele quer fazer morada em você e abençoá-lo em tudo que você fizer. Resolva nunca murmurar. Veja nas adversidades oportunidades de Deus agir ainda mais em sua vida.

Desta forma, você também será um vencedor.

 

Paulo Rogério Petrizi